Casamento mais barato: Como economizar

ke_cute_wedding_shoes.2jpg

 

 

A grande data está se aproximando e quando você vai colocar os gastos na ponta do lápis, vê que o sonho pode sair mais caro do que imaginava. Esse é um problema bem comum. Foi pensando nisso que o site Finanças Femininas fez uma lista com 6 dicas para economizar na festa.

 

 

A Data: O preço da festa pode variar muito de acordo com a data escolhida. A boa e velha lei de oferta e demanda. Casar-se na chegada da primavera, por exemplo, pode sair bem mais caro. Em dezembro também sai caro devido à procura de lugares para festas de formatura. Uma época boa para pagar menos seria o mês de janeiro. Outra coisa a ser levada em conta na data é o dia da semana. Não precisa nem falar que sábado é mais caro, né? Claro que ninguém quer casar na segunda-feira, mas quinta-feira ou domingo podem ser dias interessantes para muitas pessoas.

 

 

Carro na porta da igreja: O aluguel do carro é algo bem caro. Que tal pensar em um amigo ou parente que tenha carro bonito e aproveitar?

 

 

Decoração: Você pode fazer várias coisas com a ajuda de amigos ou mãe, irmã, etc. Os arranjos podem ficar bem bonitos se preparados manualmente com carinho. Outra dica é que o preço das flores também varia de acordo com as estações do ano.

 

 

Cerimonial e assessoria: Esse é outro fator que pode variar muito. Compare bem os preços, o que te oferecerão e quais conseguirão descontos e benefícios com os fornecedores.

 

 

bolo de casamento

 

Bolo de casamento: Não sei se você já fez a pesquisa, mas se fizer verá que os preços daqueles bolos decoradíssimos são super elevados. O que fazer? Muita gente tem usado o “bolo fantasia”, que enfeita o salão mas não é comestível. O bolo de verdade, por sua vez, sai cortadinho da cozinha.

 

 

Vestido: O vestido, quando comprado de algum grande estilista, pode chegar a preços inacreditáveis. Se for pensar que você usará uma única vez na vida, será que não vale a pena alugar? Existem ótimas lojas de aluguel de vestidos de noivas, e você poderá inclusive optar por primeiro aluguel. Não é barato, mas sai bem mais em conta que comprar.

 

Por que essas dicas? Todos sabemos que o casamento acontece em uma fase que ninguém está com grana sobrando, então por que não fazer uma festa um pouco mais barata, sem deixar de reunir amigos, família e as pessoas queridas, e que te possibilite um início de vida mais confortável? Você pode inclusive aproveitar o dinheiro que sobrar para decorar o apartamento, comprar móveis legais, etc.

 

Para ver mais detalhes e o post completo, acesse o Finanças Femininas 🙂

Categorias: